Setor 1

Águia de Ouro anuncia carnavalesco e intérprete1 min read

A Águia de Ouro já tem novo carnavalesco: Vinícius Freitas, filho de Jorge Freitas, do Império de Casa Verde. Vinícius é novato, mas já tem no currículo o vice-campeonato do Acesso com a Independente Tricolor em 2017, logo em sua estreia, posição que valeu uma vaga no Especial.

O filho do “mago” Jorge Freitas substitui Amarildo de Mello, que se mudou para a X-9 Paulistana, campeã do Acesso.

Na escola da Pompeia, Vinícius vai trabalhar com Sergio Caputo Gall, ex-Peruche.

Leia também:
Gaviões da Fiel tem novo carnavalesco

A Águia também tem novidade no canto: Serginho do Porto (foto) está de volta e vai dividir o carro de som com Douglinhas Aguiar e Fernandinho SP. Serginho deixou o Salgueiro e também vai cantar na Estácio de Sá, na Série A do Rio.

Serginho já teve outras passagens pela Águia. O puxador esteve na escola entre 2001 e 2004 e depois de 2006 a 2014.

Em 2017, a Águia, que vinha de bons carnavais, ficou em 13º lugar e foi rebaixada para o Acesso. O enredo “Amor com amor se paga. Uma história animal!” foi um dos mais comentados no pré-Carnaval, para o bem e para o mal, sobre a relação dos homens com os bichos.

Romulo Tesi

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Romulo Tesi

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.